login
Os postulados da estratégia "Buy and Hold"
Publicado 28 Janeiro, 2016
Ademir Cruz Ademir Cruz
Ações e Opções
Comentários 0 Comentários

Nós já escrevemos a respeito da estratégia de investimentos criada por Warren Buffett, denominada Buy and Hold. Se você não leu, ou deseja ler novamente, basta clicar aqui.

Agora, iremos falar mais a fundo sobre os postulados dessa estratégia, com o objetivo de deixar ainda mais claras as ideias e entender como Warrern Buffet ficou bilionário.

 

Postulado 1: adquirir ações de empresas sólidas - indica com isso que a estratégia holder não recomenda que investidores comprem ações de empresas que estão em fase pré operacional. É que devido ao alto risco envolvido na transação, a empresa pode vir a falir antes mesmo de entrar em atividade. Como a estratégia Buy and Hold é caracterizada por minizar riscos, ela recomenda a aquisição de ações de empresas já ativas no mercado e que tenham solidez no negócio em que atuam. 

 

Postulado 2: bom histórico de crescimento no Lucro por Ação - o Lucro por Ação de uma empresa é um indicador da chamda Análise Fundamentalista. O referido indicador é extraído através de Análise Contábil de Balanço da empresa que se busca conhecer. Na prática, o Lucro por Ação indica o percentual de lucro em relação ao preço de mercado da ação - a leitura simplista mostra o seguinte: se a empresa tem crescimento no lucro por ação significa mais dividendos (parcela do lucro) pagos ao acionista, bem como que a empresa vem aumentando sua eficiência em retorno de capital com aumento das margens de lucro. Já o contrário, indica que o acionista está recebendo menos dividendos e isso demanda uma estudo mais aprofundado das razões que isso está ocorrendo, afinal é possível, por exemplo, que a empresa esteja em expansão, o que seria bom para o investidor, ou esta diminuindo sua margem de lucro ou volume de vendas, o que seria ruim para o investidor. Vale lembrar, ainda, que qualquer investidor pode encontrar as informações contábeis da empresa que se dejeja investir: basta entrar no site da mesma, na área de relação com investidores, ou no próprio site da BOVESPA, que lista todas as demonstrações financeiras e fatos relavantes das empresas com capital aberto que possuem ações negociadas.

 

 

Postulado 3: a empresa não possua muito endividamento ou se estiver endividada que ele seja sustentável no longo prazo – empresas que possuem uma dívida alta merecem muito cuidado, pois essa dívida pode comprometer suas atividades ou exigir que a mesma tome empréstimo a juros altos para honrar os compromissos, o que aumenta sensivelmente suas despesas da empresa, derrubando assim tanto os lucros quanto sua capacidade de realizar novos investimentos. Um exemplo bem atual é o da nossa maior estatal, que possui uma dívida estimada em cerca de R$ 500 bilhões, e por isso atualmente passa por um forte programa de redução de investimentos e também pela venda de alguns ativos.

 

Postulado 4: adquirir as ações a preços razoáveis - acertar o fundo do preço de uma ação é praticamente impossível e comprar no uma ação no seu topo não deixa margem de ganho no preço da mesma, todavia uma máxima do mercado é quase sempre verdadeira: tempos de crise são tempos de oportunidades, muitas ações são negociadas a preços abaixo do valor patrimonial, gerando muitas chances de adquirir ações de excelentes empresas a preços bem razoáveis.

 

Postulado 5: manter a ação enquanto todas as outras condições forem mantidas – essa é a parte em que se recomenda que algumas vezes a venda da ação em carteira. O investidor "Buy and Hold" quer aumento de patrimônio, então a ação deve atender aos cinco postulados aqui explicados. Não atendendo e não apresentando perspectivas de melhoras ele vai se desfazer do papel e buscar outro que atenda aos seus postulados.

 

Até a próxima.

O texto reflete a opinião do(s) autor(es). O Minuto Dinheiro não se responsabiliza por lucros ou prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.
 

 

PORQUE O SEU TEMPO É DINHEIRO!
Receba novas publicações no seu email. Diretamente para você a cada semana.
Dicionário Financeiro

Digite um termo para visualizar o seu significado.