login
O que é Liquidez e como ela pode influenciar seus investimentos?
Publicado 13 Novembro, 2015
O que é Liquidez e como ela pode influenciar seus investimentos?
Ricardo Rolim Ricardo Rolim
Educação Financeira
Comentários 0 Comentários

De acordo com o dicionário Michaelis, liquidez é a disponibilidade do sistema bancário em caixa ou realizável a curto prazo. 

Liquidez refere-se ao prazo e ao custo com que um investimento ou aplicação se transforma em dinheiro vivo. Quanto mais rápido um bem (um imóvel, um carro, o título público, etc.) se transformar em dinheiro, maior sua liquidez.

Liquidez no mercado imobiliário

Imagine aquela lindíssima casa de praia: certamente, se o proprietário necessitar vender, provavelmente poderá ter que esperar algumas semanas (ou até meses) para concretizar o negócio. Talvez para vender imediatamente tenha que aceitar uma proposta abaixo do valor que o imóvel realmente valha. Quer dizer: apesar de bem avaliado, a liquidez desse imóvel, hipoteticamente é baixa.

Em geral, imóveis urbanos possuem mais liquidez do que imóveis rurais. Um apartamento próximo a escolas, supermercados, restaurantes, provavelmente tem mais liquidez do que um apartamento num bairro distante. Mas é importante lembrar que não se trata de verdade absoluta, sempre existem exceções.

Muita gente investe em imóveis como forma de aposentadoria e de gerar renda passiva com alugueis. Se você tem esse objetivo, mas ainda não possui patrimônio suficiente para investir, talvez possa conhecer um pouco sobre o funcionamento dos Fundos Imobiliários. Aqui no Minuto Dinheiro nós já escrevemos a respeito, clique aqui para ler. 

Liquidez com automóveis

Provalvemente você já ouviu falar ou mesmo já sentiu na pele a dificuldade que veículos usados de certas marcas tem em serem comercializados. Você sabe que o carro é bom, porém na hora de vender os interessados torcem o nariz. Isso tem a ver com a característica de cada mercado. Alguns veículos, geralmente os mais populares, são chamados de verdadeiros cheques. Já outros, tido como "importados", o dono leva 2 meses pra vender. Escrevo isso inclusive de experiência própria. 

Então, na hora de trocar de carro, talvez você também deva levar isso também em consideração. Aqui no Minuto Dinheiro já escrevemos sobre alguns cuidados que você deve ter na hora de trocar de carro e não deixar o sonho se transformar em pesadelo. Clique aqui para ler.

Liquidez em aplicações bancárias

O dinheiro que você possui disponível na conta corrente ou na caderneta de poupança possui liquidez imediata. Se você precisar, é só ir ao banco ou caixa eletrônico e sacar, ou ainda efetuar compras à vista na modalidade de débito. Equivale praticamente a ter o dinheiro em espécie. É importante sempre ter algo disponível para as despesas diárias e necessidades de emergência – inclusive, já falamos aqui no blog sobre a importância de se ter uma reserva financeira de emergências: clique aqui para ler a respeito.

Os investimentos em CDB, geralmente possuem liquidez diária depois de um prazo de carência mínima. No caso das Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA), atualmente elas possuem liquidez diária após 90 dias da aplicação – ou seja, se você tem algum recurso para investir nessas modalidades, certifique-se que realmente esse dinheiro não lhe fará falta no período de carência. Para saber como funcionam as LCA’s e LCI’s, basta clicar aqui.

Liquidez no Tesouro Direto

Títulos do Tesouro Direto possuem liquidez diária, porém como os preços variam de acordo com a chamada marcação a mercado, a depender do título você resgatará menos ou mais do que investiu. Por isso, antes de investir no Tesouro Direto é importante que você procure conhecer o título que melhor se adeque às suas necessidades. Quer saber um como funciona o Tesouro Direto? Basta clicar aqui e aqui.

Liquidez no Mercado de Ações

No mercado de ações a liquidez está diretamente relacionada ao tipo de ação negociada. As ações das empresas chamadas “blue chips” tem altíssima liquidez, ou seja, você consegue vender ou comprar praticamente no mesmo instante em que dá uma ordem de compra ou venda, a depender do preço negociado.

Atualmente na Bovespa as ações chamadas de “blue chips” (as que possuem o maior índice de negociação diária, geralmente com valores superiores a R$ 100 milhões por dia) são das seguintes empresas: Ambev, Itaú, Bradesco, Petrobras, Vale, Banco do Brasil, Cielo, Itausa, BB Seguridade e Brasil Foods.

Porém, existem outras diversas ações de altíssima liquidez, ou seja, que provavelmente para comprar ou vender você realizará operações no mesmo momento. Alguns exemplos: Braskem, CSN, Gerdau, MRV, Santander, Cemig, Eletropaulo, Natura, Drogasil, Vivo, JBS, etc. Por fim, temos ainda ações com baixas liquidez, onde para se desfazer você terá que esperar mais horas ou até dias para concretizar a negociação. Às vezes essas ações de baixa liquidez oferecem oportunidades de ganho até maiores do que as mais negociadas.

Investir na bolsa é uma oportunidade de você se tornar sócio de grandes empresas, gerida por profissinais e com foco em grandes resultados. Quer saber outros motivos para investir na bolsa? Clique aqui.

Por tudo isso que foi explicado, é importante que antes de investir e não correr grandes riscos que você procure se informar, estudar e conhecer melhor onde vai colocar seus investimentos. Procure um consultor financeiro. Nós do Minuto Dinheiro estamos a sua disposição. Entre em contato conosco pelo e-mail atendimento@minutodinheiro.com.br e agende uma entrevista.

Até a próxima.


O texto reflete a opinião do(s) autor(es). O Minuto Dinheiro não se responsabiliza por lucros ou prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Ricardo Rolim, formado em Administração de Empresas, e um curioso em investimentos no mercado de ações e no Tesouro Direto, onde mantém aplicações.

 

 

PORQUE O SEU TEMPO É DINHEIRO!
Receba novas publicações no seu email. Diretamente para você a cada semana.
Dicionário Financeiro

Digite um termo para visualizar o seu significado.